quinta-feira, 31 de março de 2011

S'imbora. O tempo acabou,

Gente, pelo amor de Deus, vamos lá, cadê isso, já era pra estar feito! Urgência, urgência, urgência. O mundo não pára nunca de girar, o sol não pára nunca de brilhar, a lua nunca deixa de sair à noite (festeira!). Por que então tanto stress? Mas o mundo de hoje era pra ontem. "I only don't reach my points if I don't want to reach my points", diria Deus ao dirigir o táxi da vida. Saravá!

A gente introjeta essa loucura e pira o cabeção. Vamos lá, minha gente, ação! Não pode ficar aí parado, vendo o tempo passar. You only live once! Say live or let die, tchan, tchan! E nesse afã de fazer tudo correndo, a gente se esvazia aos poucos, pois nada mais contém a calma e a paciência de outrora.

Será que vale sermos consumidores da pressa?

Nenhum comentário: